A vida é desafio

E aí pessoal. Como estão??? Tenho de dizer uma coisinha: Se eu demorar para atualizar o blog não fiquem zombando de mim ou desapontados, pois não tenho muito tempo para postar novos textos. Firmão?! Bem, ultimamente estou escrevendo muito, desde poemas até contos e crônicas sobre o cotidiano violento que nos cerca, assim como as grades dos condomínios e casas dos bairros de São Paulo: estamos cercados achando que ficamos protegidos de tudo e todos; entre outros temas como o (eterno) amor, política e assim vai a gama de assuntos e inspiração para escrever. E nesse país em que vivemos inspiração é o que não falta, é só andarmos pelas do Brasil que somos provocados de todas as maneiras possíveis e impossíveis. É foda!!!! Mas, deixemos de lado o que é ruim. Como disse o (digníssimo e honorável) pedagogo Cellestin Freinet: É preciso ter esperanças otimistas na vida. Sem sombra de dúvidas este pedagogo foi um dos maiores (na minha opinião) pensadores em questões sobre a educação e a vida em geral e, também, um dos maiores entendores das crianças. Educação será também um assunto a parte, pois, a mensagem de hoje é: OTIMISMO. Linda palavra né. A Língua Portuguesa é uma das mais lindas do mundo, né! É difícil, mas precisamos ter essa palavra como preceito diário para sairmos em busca dos nossos sonhos. Tristeza todo mundo sente, até serve de inspiração para escrevermos textos maravilhosos, mas, é necessário não deixar a melancolia entrar no âmago, porque senão, aí doido, ferrô!!!!! Façamos o seguinte: espalhemos o OTIMISMO em todos os lugares que passarmos e para todas as pessoas que encontrarmos ans ruas, mesmo que desejemos algo de bom para uma pessoa em silêncio, isto já é maravilhoso, aliás, o silêncio, em pequenas doses, é maravilhoso, é uma espécie de comunhão com Deus. Não devemos esperar que os órgãos governamentais façam algo, façamos primeiro, pois, "eles" não fazem porra nenhuma. Meu pai já dizia: "O Brasil só vei pra frente quando os políticos estão dormindo!" - é, pode até ser que seja assim. Claro, há alguém que se salva em Brasília, é impossível que toda a raiz da árvore esteja podre. Por isso, irmãos e irmãs sejamos otimistas, façamos como o protagonista do filme A corrente do bem, façamos o bem indistintamente, a todas as pessoas. Como disse (dinôvu e daí?!) Sua Santidade O Dalai Lama (mais ou menos com essas palavras): Se desejamos a paz devemos primeiro nos desarmar, livrar-nos das cargas de ódio que há em nosso espírito. Com certeza!!!!! Sejamos livres dessa coisas ruins. Espero que gostem dessas palavras, sempre surjem e saem de mim como árvore: primeiro a raiz, depois o tronco e depois os ramos frondosos. Aliás, acredito que todo texto cresce conforme uma árvore. Irmãos e irmãs - fiquem com Deus, se alguém ler comentem, sejam otimistas e espalhem a bondade a todos. Fiquem na fé e na paz!!!!!!

Comentários

André Lima disse…
Dear dear,
pode deixar que eu vou ficar enchendo as suas paciências sempre que você ficar sem postar alguma coisa... Bom início de fim-de-semana para você, que ele continue zen... Bjs

Postagens mais visitadas deste blog

Antes de você chegar

Responsabilidade

Welcome to life