Meat is murder

Leia esse texto ouvindo meat is murder do The Smiths. Ultimamente tenho pensado em tornar-me vegetariano. Sempre fui um defensor dos animais, sempre tive muita pena dos seres que sofrem atrocidades pelo mundo afora diariamente. Afinal, como disse filósofo o Peter Singer: o caráter sagrado da vida deve ser medido pela capacidade de sentir dor – pois, se fôssemos medir o direto a vida por meio da inteligência, bem, as pessoas que têm retardamento cerebral não teriam direito à vida. Visto que o homem mata os seres que ele julga não inteligente. Tudo bem, concordo com os canibais: adoro um rodízio (por enquanto), picanha no alho, coraçãozinho, costela, lingüiça, costela, carne de porco, entre outros prazeres sangrentos que aquelas inocentes vidas nos proporcionam. Nutricionistas dizem que a carne é essencial para o ser humano, blá, blá, blá. Damn it!!!! Bem, então os indianos são os seres mais amarelos do mundo, parece-me que a dieta deles não tem muita carne, é baseada mis em vegetais?! Enfim, o caráter sagrado da vida não nos dá o direito de prejudicar outro ser, coisa que o Homem tem prática: guerras, violência urbana, violência em casa, entre outras coisas. Quem se interessou pelo conteúdo do texto, acesse alguns sites pertinentes: http://www.peta.org/: associação que luta pelo direito de vida e a um tratamento digno aos animais; http://www.animalliberationfront.org/: para quem curte algo mais radical, esse grupo ecoterrorista, fornece em seu site vídeos sobre ações do grupo ao redor do mundo, tais como: libertação de patos em cativeiro; destruição de um criadouro para o abate de coelhos, entre outras coisas legais (se protestar não adianta, então vam’ambora). Para quem gostou e talvez decida mudar sua dieta alimentar em favor do caráter sagrado da vida, ótimo, mas, para quem considera isso tudo ridículo, obrigado por ler esse texto, afinal o mundo é feito de diferenças. Livros para ler sobre o tema: um que interessante é a obra Libertação dos animais do filósofo Peter Singer. Nessa obra ele expõe sua tese sobre o caráter sagrado da vida e relata experiências de laboratório feitas com cães e outros seres inocentes. Vale a pena. Mas, tem um site curioso é o http://www.vegetarianismo.com.br/, cujo conteúdo é: receitas, denúncias de maus tratos a animais, etc. Tenham uma linda semana e até mais.

Comentários

André Lima disse…
Hummm... não sei não...
não sou totalmente adepto de virar vegetariano mas também não sou 100% carnívoro... e agora?

Postagens mais visitadas deste blog

Antes de você chegar

Responsabilidade

Welcome to life