Wait for me - part 3

As salam ualaikum. Quem vai ao Marrocos tem de visitar um souk - um mercado ao ar livre existente em muitas cidades daquele país - para nós brazileiros, assim acredito, seria uma espécie de "camelódromo", é claro, só que sem as mercadorias contrabandeadas ;-). O pouco que sei dos souks marroquinos é que se pode encontrar de tudo um pouco: roupas e sapatos típicos, carnes dos mais variados animais (claro, a carne que me refiro é a halal - animal abatido de acordo com as leis islâmicas), souviners, masbahas, pratarias, enfim, muitas coisas interessantes e que fazem parte da cultura do Marrocos. Segundo comentários de algumas pessoas que visitaram um souk em Casablanca, afirmam que é um lugar excepcional com muitas cores e aromas, outras, afirmaram que é um lugar com muitas pessoas, barulhento, fétido, etc. Bem, em quem devemos acreditar? Só comprovando para opinarmos, mas, eu fico com a opinião das primeiras pessoas, ou seja, as que falam bem das coisas. Mas, acredito que esses souks certamente são uma comprovação da cultura maravilhosa que há no Reino do Marrocos, a qual é, porventura muito antiga, mas, também, moderna, pois, o país é muitíssimo próximo da Europa. Aguardem um novo post com um depoimento de quem realmente esteve lá e fotografou, e exalou, e tocou, e conversou com os comerciantes, e fez tudo o que um turista faria ao visitar um lugar como aquele. Ila liqa irmãozinhos e irmãzinhas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antes de você chegar

Responsabilidade

Welcome to life