Postagens

Mostrando postagens de 2008

E assim conseguimos

Deste ano restam somente mais algumas horas, então, o livro que estávamos escevendo ganhará um novo capítulo, que se chamará 2009.
Como tudo isso foi maravilhoso, momentos que jamais esqueceremos aconteceram conosco: bons, ruins, tristes, alegres, divertidos, cômicos, vergonhosos, entre outros que acontecem com qualquer ser humano. De todos, certamente, tiramos algo muito precioso - o aprendizado, que (deveria) nos acompanha(r) durante os dias que temos pela frente.
Todos sabem que as coisas aqui embaixo não são nada fáceis - é tudo incerto e confuso. Nunca se está seguro de coisa alguma. Talvez o problema está em se querer que nada mude, por isso, há sofrimento, dor. O problema é desejar que as coisas sejam imutáveis, eternas, porém, sabe-se que tudo perece. Somente permanece o valor das ações, e, do amor sincero e incondicional (aquele que não cobra nada em troca).
Aprimoremos o desapego e o amor incondicional. Não foi correspondido no favor prestado, no amor? Está difícil largar o …

Sonho de Natal

Imagem
"Sonhava escrever um dia um livro maravilhoso,
um livro com os Salmos,
os escritos do Qûran, uma coisa que
lida provocasse esta exclamação:
Existe Deus!"
Adélia Prado

Inicio esse post com essas palavras da Adélia Prado: que mulher!
Eu também sonhei (e sonho) com algo assim: palavras que pudessem (possam) acompanhar uma pessoa, aonde quer que ela vá - como se fosse uma prece silenciosa, capaz de ensolarar o cotidiano, algo que alentasse o coração na mais densa treva e, após um suspiro de alívio, a magia - "Deus está comigo". Contudo, por enquanto, eu não sei como se faz isso, então, até que tal dia chegue, entregarei meu amor a todos.
Por isso, quero um Natal com as pessoas alegres a celebrar uma data não em virtude de um mecânico ato religioso, ou, um momento para trocar-se presentes e, depois, empanturrar-se. Não!
Quero um Natal em que a sublimidade de Deus, Universo, Lei Cósmica, e, qualquer outra Entidade em que se acredite, espalhe-se por todos os cantos do gl…

Tecendo a manhã

Imagem
Este é um dos poemas mais belos e sublimes que já li. Nele, João Cabral de Melo Neto deve ter dado o sangue para compor algo tão indescritível.
Sem delongas. Segue abaixo a maravilha.
Paz e amor a todos.


João Cabral de Melo Neto
Tecendo a Manhã


1

Um galo sozinho não tece uma manhã:
ele precisará sempre de outros galos.
De um que apanhe esse grito que ele
e o lance a outro; de um outro galo
que apanhe o grito de um galo antes
e o lance a outro; e de outros galos
que com muitos outros galos se cruzem
os fios de sol de seus gritos de galo,
para que a manhã, desde uma teia tênue,
se vá tecendo, entre todos os galos.

2

E se encorpando em tela, entre todos,
se erguendo tenda, onde entrem todos,
se entretendendo para todos, no toldo
(a manhã) que plana livre de armação.
A manhã, toldo de um tecido tão aéreo
que, tecido, se eleva por si: luz balão.

Entre um Machado e outro

Este ensaio, escrito pelo colunista da Veja Roberto Pompeu de Toledo, sobre o imortal escritor Machado de Assis, conta-nos um pouco sobre o homem que, assim como muitos escritores deste idioma, tornou bela nossa Língua Portuguesa.
Roberto não só "rabisca" alguns pontos da vida e obra do escritor, incluindo alguns momentos históricos do Brasil, mas também, menciona o livro Machado de Assis - Um Gênio Brasileiro, de Daniel Piza.
Este texto, sem dúvidas é muitíssimo interessante. Quem não gostar de Machado de Assis, que seja "internado num manicômio".


Ensaio: Roberto Pompeu de Toledo

"Entre um Machado de Assis e outro"

Contrastes entre o autor e o homem suscitados por uma nova biografia do grande escritor

Esse Machado de Assis... Um clássico, segundo Italo Calvino, é uma obra que nunca esgota o que tem a dizer. É o caso de Memórias Póstumas de Brás Cubas ou Dom Casmurro. Mas também uma vida, e especialmente a vida dos autores de clássicos desse porte, nunca…

Can't stop

Imagem
Olá.
Domingo (09/11/2008) fui ao show do Maroon 5 no Via Funchal. Antes do show, estava um pouco receoso do quê encontraria no palco daquela casa de espetáculos.
Não era muito fã dos caras. Só conhecia as "babas" (músicas que qualquer um conhece, e/ ou, executadas até a exaustão pelas rádios FM): This love(lembrei do Pantera, rs), She will be loved e Sunday morning. Gostava, admirava, achava legal e ponto.
Porém, minha linda garota, que é uma grande admiradora dos caras, emprestou-me os dois cds que a banda lançou até o momento. Acredite - pirei! De verdade mesmo. Achei o som do Maroon 5 muito bem tocado, dançante e alegre, mesmo que ao ouví-los lembro-me do Jamiroquai e de soul music, os rapazes fazem um som responsa e merecem o respeito da galera que curte boa música.
O show, propriamente dito, foi, sem dúvida, muito bom. O vocalista, Adam Lavine, é um cara muito carismático e divertido - não parou por um minuto de agitar a platéia e pedir a participação de todos os prese…

Parte I

Imagem
A mesma frase, como o gotejar de uma torneira no meio da noite, ressoava na mente do advogado de terno marrom: “Entendo como, mas não entendo porquê”.
Residia em uma casa modesta, quatro cômodos era a medida da simplicidade daquele homem, em um bairro que, amiúde, sucumbia à especulação imobiliária das grandes cidades. Aquele silencioso lar, não era muito longe do escritório que lhe garantia o sustento mensal. Era uma função de valor, afirmava a todos que conhecia: “defender a justiça, as pessoas não é algo nobre?”
Mas, o momento que mais o deliciava era quando pisava no solo sagrado do bairro em que morava, desde de seu nascimento.
Em outros tempos, os da infância, na rua sempre havia o movimento da felicidade dos moradores. Os vizinhos, assim acreditava, adoravam palmilhar os pés naquele asfalto sacrossanto. Como amava aquele bairro!
Lembranças eram nutridas e temperadas com o sal, cuja nascente eram aqueles olhos, que acariciavam a paisagem de uma tarde de verão.

O advogado de terno marrom

Olá.

Decidi iniciar algo que não estou certo se renderá empenho em continuá-lo, ou não. Porém, há coisas que insistem materializar-se em nossas vidas.
Este é o caso do advogado de terno marrom. Não sei o por quê, exatamente, ser um advogado e, o mais insólito, de terno marrom. Gosto de marrom, mas não muito. O ofício da advocacia, creio pelo fato de haver muitos escritores advogados ou advogados escritores, portanto, a personagem ser esse.
As atualizações surgirão conforme as idéias bafejarem em minha cabeça. Não espere muita coisa. Haverá, também, algumas colagens de falas, textos e características de obras de autores consagrados da literatura mundial.
Então, “enjoy it”!

Amor é Síntese

Imagem
Por favor não me analise

Não fique procurando cada ponto fraco meu

Se ninguém resiste a uma análise profunda

Quanto mais eu

Ciumento, exigente, inseguro, carente

Todo cheio de marcas que a vida deixou

Vejo em cada grito de exigência

Um pedido de carência, um pedido de amor

Amor é síntese

É uma integração de dados

Não há que tirar nem pôr

Não me corte em fatias

Ninguém consegue abraçar um pedaço

Me envolva todo em seus braços

E eu serei perfeito amor.


Mário Quintana: Mais conhecido como o poeta das coisas simples.

... e os pensamentos voam

Imagem
Paz a todos.

Como é a vida. Repleta de intempéries, contratempos, momentos alegres, tristezas, amor, rancor, raiva, sorriso, choro, enfim, uma infinita gama de sensações corre no sangue dos dias que passam por nossos sentidos.
Porém, parece que a maior parte do tempo, ocupamo-nos somente com as forças sombrias do pensamento, aquelas que turvam nossa esperança por melhores momentos. Como uma repentina mudança de tempo, essas em que somos pegos de surpresa quando estamos na rua, muito longe de casa e, o pior, sem um guarda-chuva para nos proteger “daquela” chuva. O nosso guarda-chuva para nos proteger de uma chuva daquelas é o domínio sobre nossos pensamentos – eles não podem tomar o rumo que tomam, somos Senhores Supremos de nossos pensamentos.
Portanto, um adestramento de nossos pensamentos torna-se essencial, a fim de não turvarmos nossos preciosos momentos. Pense nisso, e, não se preocupe em compreender (no sentido extremo que a palavra permite) a vida – como disse a Lya Luft: &quo…

Aceite!

Imagem
Olá!

Eu sei, sumi por alguns dias, “é fugueira, viu”; como se diz em Inglês: "hectic days" – dias marcados (não só) por intensa atividade (,mas também por uma certa falta de organização e aproveitamento correto do tempo). Recebi um comentário de uma fofíssima pessoa – a Grazi, do blog cujo endereço eletrônico está à direita deste fanzine virtual. A mensagem dizia: “onde está o haikai da semana?”, que lindo não, bem, eu achei.
Ocorreu-me o seguinte: encerramento do 1º semestre do CEAM da faculdade e também da Licenciatura, comemoração do meu aniversário no bar café Esba (muito bom por sinal e com a presença de pessoas lindíssimas: os amigos), testes em escolas de línguas, entre outras coisas que não vale a pena mencionar; aliás, chega de reclamar!
O suposto haikai da semana, o qual não chega a ser um poema daquele tipo, é um poemeto de uma aprendente, a Carmelia M. V. Uma doce mulher e leitora assídua de diversos tipos de textos, conforme disse a professora Débora (ce tá boa…

Haikai de aniversário

Imagem
Mais um dia como esse passa
Mais folhas caem e
o vento leva

As times goes by

Imagem
Paz a todos.

O título deste texto remete-me a uma música da ótima banda australiana Ikon. Como o tempo passa e, se não o aproveitarmos, as horas estupidamente perdidas jamais serão recuperadas - resume-se em desperdício de vida, ação, e, assim creio, em não dar a mínima à confiança que Deus(louvado seja) depositou em nós.
Puxa vida, nessa sexta-feira estarei completando mais um ano de vida, conquistas, lágrimas, esforço, quedas, experiências, enfim, mais um ano preenchendo o mundo com minhas cores. Aliás, não há ninguém que seja dispensável ao mundo: se nasceu é porque as cores dessa pessoa eram necessárias ao mundo, a vida desse amigo(a) era (e é) muito importante ao mundo, por isso, o Bem Amado abençoou o mundo com o sopro da vida desse lindo ser.
Portanto, não veja a si mesmo com complexo de inferioridade. Se você está aqui é porque sua vida é indispensável ao curso das coisas, alegre-se disso. Digo isso com base na autoridade a mim confiada: minha vida.
Algumas palavras para refl…

Haikai do Dia dos Namorados

Imagem
Hoje os amantes celebram o Dia dos namorados,
E, nos jornais, os anúncios à procura do Amor
São constantes.

Certamente quando penso que tudo está perdido
Sua linda mão pousa sobre meu ombro, e
Diz - estou aqui.

Música do dia: A song for the lovers do Richard Ashcroft. Aproveitem a vida e fiquem com Deus(louvado seja).
Abraços de urso.

Entardecer

Imagem
Olá meus queridos.
Mais uma tarde esvaece lindamente lá fora. Pela janela observo as cores, um vermelho que ora torna-se laranja, ora torna-se um vermelho intenso, vivo, indescritível. Sabe, às vezes divago por essas tardes evanescentes de outono - possuem uma beleza indizível, no entanto, são tocáveis e sublimes. Em tardes como essas, a beleza do mundo se mostra, amiúde, por esses maravilhosos dias de outono. Nessas tardes lentas e longas, o pensamento voa longe, desaparece entre o céu azul e alguns pedaços picados de nuvens, e, o sol, um espetáculo aparte, desliza pelos recônditos mais imundos e obscuros dessa linda cidade - São Paulo. Aliás, por meio do pensamento somos capazes de ganhar o mundo, no duro! Melhor dizendo: pensamento + ação = sucesso; caso o sucesso não venha, ao menos fizemos coisas incríveis. Como disse uma Pessoa que conheço: "Deus cria, o homem sonha, a obra nasce".
Pense e acredite.
Abraços de urso e até breve se Deus quiser.

Haikai da tarde.
Esse …

Doces e simples palavras à japonesa

Imagem
Paz a todos.

A primeira vez que ouvi falar sobre Haikai foi com a Marina, que mencionou tal nome, não fazia idéia do que viria a ser isso. Procurei na Internet e encontrei alguns sites que exploram o tema. O haikai é uma forma poética japonesa que valoriza a concisão e a objetividade, classifico como simples, direto, místico e sublime. O principal haikaísta foi Matsuô Bashô(1644-1694), ou simplesmente Bashô, o qual se dedicou a fazer desse tipo de poesia uma prática espiritual, e, foi ele quem ditou os cânones do haikai. Em terras brasileiras quem popularizou esse forma de poesia foi Guilherme de Almeida. Muitos poetas no Brasil adotaram o haikai carinhosamente, e, por meio dele, desfilam pelo papel suas tintas repletas de sublimes sentimentos. Tentei fazer um "haikai", ficou meio longo para um, mas, espero que gostem, ficou bonitinho até.
Abraços a todos, fiquem com Deus(louvado seja), e aproveitem a vida.
Até breve.

Se o mundo fosse acabar hoje,
Eu diria ao meu vizinho…

Tão somente... noite

Imagem
É noite,
é o que diz o negro silêncio.
Ao redor somente os anjos à procura de alguma alma suicida
Que certamente deve estar cansada de esperar -
E as filas são tão longas...
Não, não tem como não mergulhar neste silêncio
E não sentir a frieza de cada um.
Somos disso também:
frio, escuridão, silêncio, amargura, dor... beleza.
Imagem
Ouça Tina Turner com River deep mountain high ao ler este post, um arraso das cordas vocais desta diva.
Desde que o local em que vivemos possui o nome de mundo, tudo é composto por mudanças. A própria natureza é um exemplo visível - prova de que todos estão suscetíveis às mudanças, não se escapa delas, ao menos tão facilmente.
Mesmo assim, há pessoas que são resistentes ao que é novo, temem virar a esquina das mudanças, visto que não se sabe o que se encontrará ao fazê-lo. É uma pena. O novo, que é muito mais excitante do que a mesmice, é que deve incendiar a nossa vontade de viver os riscos, aliás, eles devem corridos, senão o que contaremos aos nossos netos? Que somente ficávamos no conforto paralítico de nossas casas, lamentando a vida, a violência das grandes cidades, entre outros males da vida? A opção de escolha é tão somente nossa; como Deus é magnífico, não – permitir que escolhamos o que bem entendermos e ainda nos proteger e abençoar no decorrer da vida. Deus seja louvado.
Q…